IOpEx

Meu nome é Jevandro Barros e eu nasci em Barbacena, Minas Gerais em 1974. Sou o único filho homem de uma família de 5 filhos. Meus pais vieram de famílias humildes e, para dificultar as coisas meus avós paternos morreram cedo, ou seja, não tive a chance de conhece-los.  Este foi um dos motivos de meu pai começar a trabalhar muito cedo.

Ele não teve como se formar, pois tinha que trabalhar para sustentar a família. Apenas depois de muito tempo e com muito esforço, quando já havia passado pelo Exército e pela Polícia Militar, que antigamente exigia apenas a formação primária, conseguiu fazer o antigo Supletivo para então poder prestar concurso. Passou para a Polícia Rodoviária Federal, onde ficou até se aposentar.

Já minha mãe, por não ter condições financeiras, foi para o semi-internato em um colégio de freiras e anos mais tarde, mesmo com 5 filhos, esta heroína ainda conseguiu fazer uma Universidade e se tornar Pedagoga, trabalhando até se aposentar como professora, profissão a qual me orgulho muito, pois me ajudou durante toda minha vida.

Como você pode ver, a vida não foi fácil para nenhum dos meus pais e, por isso, a vida deles foi dedicada em sua maior parte para a criação e o desenvolvimento de seus filhos. Eles investiram tudo o que tinham e o que não tinham para formar 5 indivíduos para o mundo, para que seus filhos pudessem ter a melhor educação e o melhor emprego possível, de forma a não terem que passar pelas mesmas dificuldades que eles passaram.
 


Eu acredito que tenha conseguido honrar todo este esforço. Estudei bastante para conseguir entrar para uma Universidade pública e depois disso arrumar o melhor emprego que eu pudesse. Devido à falta de dinheiro, sempre tive a música como minha segunda profissão. Comecei a tocar teclado aos 6 anos de idade e nunca mais parei. Toquei em casamentos, batizados, festas, eventos, formei banda, gravei CDs, abri um estúdio e consegui fazer desta arte uma companheira inseparável até hoje. Como sempre estava precisando de dinheiro, ficava dia e noite pensando em como abrir meu próprio negócio. Este era um pensamento que nunca saia da minha cabeça.

Meu primeiro negócio foi a banda Meddida Provisória. Tocávamos em muitos locais e isso me dava a chance de guardar dinheiro para poder estudar e pagar minhas contas. O segundo negócio foi um estúdio de gravação, onde eu fazia trilhas para rádio e TV e vendia spots (propagandas faladas) para rádios e carros propaganda, bem como, gravava algumas bandas da região. A música nunca me deu dinheiro suficiente para viver bem, mas me proporcionou coisas inimagináveis como amigos inseparáveis e a possibilidade do exercício da criatividade. Ter a musicalidade no sangue é algo impagável.

Anos depois, não me contentando com a parte financeira e enquanto fazia Engenharia e ainda tocava com minha banda e tinha meu estúdio na casa dos meus pais, resolvi abrir minha terceira empresa em sociedade com uma de minhas irmãs, uma empresa de Produtos Naturais, onde vendíamos aveia, germem de trigo, carne de soja, chás e outros produtos, além de produzirmos uma granola maravilhosa. Foram alguns poucos anos neste mercado, mas conseguimos ter sucesso e finalizar a empresa com lucro.

Precisei fechar esta empresa pois já estava no final do curso de Engenharia Mecânica e consegui, depois de muita luta, passar em uma entrevista para participar de 2 estágios na Alemanha, cada um de 4 meses. Haviam apenas 3 vagas, para mais de 120 alunos e esta era a minha oportunidade. Por isso agarrei-a com unhas e dentes e, mesmo falando pouco inglês e quase nenhum alemão (só tive 4 meses para estudar o básico), consegui uma vaga e acredito que este momento tenha sido o verdadeiro e maior divisor de águas na minha vida.

Após este breve período de 8 meses na Alemanha minha vida mudou. Acredito que tenha voltado outra pessoa e por mais que tenha sido pouco tempo, tive a oportunidade de, estando longe do Brasil, pensar e refletir sobre como eu poderia voltar a empreender um dia. Assim que retornei eu consegui entrar como Trainee na Mercedes Benz em Juiz de Fora, Minas Gerais, e em pouco tempo me tornei Consultor Interno. Já se passaram 19 anos desde o dia em que ouvi pela primeira vez a palavra japonesa “KAIZEN”, que significa Melhoria Contínua.

Permaneci na Mercedes Benz por cerca de 6 anos, 5 deles na Alemanha e com passagem por países como China, Malásia, Tailândia, Iran, USA, Vietnã, entre outros. Depois resolvi me aventurar pelo mundo da Consultoria externa, iniciando como Consultor Sênior na Lean Way Consulting em Porto Alegre. Posteriormente retornei para a Alemanha para mais 5 anos, onde atuei como Gerente da Porsche Consulting em diversos países da Europa e América do Sul. Após este período vivenciando o mundo da Consultoria e trabalhando para grandes empresas resolvi abrir minha quarta empresa, a Steinbock Consulting, onde atuei com outro sócio durante cerca de 1,5 anos em projetos na Indústria e Construção.

No dia 27.11.2012 saiu o CNPJ da minha quinta e atual empresa, o IOpEx. Durante todo este período aprendi muitas coisas práticas e diferentes, afinal, tive a possibilidade de atuar em mercados como indústria, varejo, construção, serviços e também na saúde, com projetos em hospitais e clínicas.

Agradeço muito por ter tido a oportunidade de me desenvolver na profissão de Consultor, pois ela me propiciou obter conhecimentos distintos, de diversos mercados e, principalmente, de diversas culturas ao redor do mundo.

Comecei o IOpEx literalmente SOZINHO e iniciar um novo negócio, pela quinta vez, foi um desafio e tanto. Porém, com toda experiência já adquirida, quis exercitar, pela primeira vez, tudo o que eu havia aprendido durante os anos como consultor, e implementar agora na minha própria empresa.

Num período de 6 meses eu já havia fechado projetos de grande porte, em grandes empresas e já tinha faturado, pela primeira vez na vida, mais de 6 dígitos trabalhando sozinho. E o melhor, tinha agora na minha mão um método, uma fórmula que poderia repetir quantas vezes eu quisesse, em qualquer outra empresa.

O IOpEx cresceu muito, de maneira rápida e avassaladora. Ultrapassamos faturamentos anuais de mais de 7 dígitos e foi ai que eu tive a certeza de que: o meu método funcionava.

Depois de aproximadamente 5 anos trabalhando em grandes projetos de grandes empresas, de segunda a sábado e em média 18 horas por dia, comecei a passar por um período de reflexão intensa, afinal eu estava ganhando dinheiro mas não tinha tempo pra nada. Eu via minha esposa apenas sábado e domingo, não dormia na minha própria cama, não tinha um círculo de amigos que eu pudesse ter encontros regulares, pois não tinha tempo pra isso, não visitava mais minha família em Minas Gerais e o pior, estava começando a entrar em um ciclo vicioso no qual eu ficava doente por várias vezes no mês. Foi então que resolvi reduzir drasticamente minha carga de trabalho e transformar novamente o meu negócio.

Deixei os grandes projetos, reduzi drasticamente o número de consultores e voltei a atuar porém com foco em Mentoria, Consultoria e Treinamentos para médias e pequenas empresas e Formação de Consultores. Em 2015 resolvi abrir um novo negócio para sair da rotina e voltar a trabalhar com música e foi ai que surgiu a ideia de uma nova empresa, a “Indústria da Música – Studio & Music School”, onde permaneço atualmente 1 a 2 dias por semana, me divertindo e envolto novamente no mundo da música, produzindo jingles, trilhas, bandas, cantores, ministrando alguns cursos específicos e inclusive  atendendo a alguns de meus clientes do IOpEx com as produções de audio e video.

Meu principal objetivo atualmente é compartilhar, para o maior número de pessoas possível, alguns dos conhecimentos adquiridos em todos estes anos e que, de maneira simples e prática possam ser implementados em seus negócios de forma a torna-los rentáveis e sustentáveis, ou seja, que eles possam ter bons resultados financeiros por longos e longos anos.

Atualmente, através de minhas Mentorias, Consultorias, Treinamentos e Palestras, tenho feito de meus clientes cases maravilhosos e, por isso, tenho estudos de caso suficientes de pessoas que conseguiram obter sucesso com a sua implementação. Esta é minha atual missão de vida e nela tenho investido tempo e muito esforço para continuar estudando, me mantendo sempre atualizado com o que há de melhor em termos de metodologias, ferramentas e técnicas no exterior, para trazer para o Brasil, este país de elevado potencial, um pouco destes conhecimentos adquiridos de maneira objetiva e prática.

Venha conhecer você também os nossos serviços de Mentoria, Consultoria e treinamentos. Entre em contato através do email: contato@iopexbrasil.org.

Um grande abraço,

Jevandro Barros.